Dee Snider lança seu trabalho mais pesado

Dee Snider é conhecido como o vocalista do Twisted Sister, mas se você tomar isso como referência para ouvir seu novo álbum solo, For The Love of Metal, se surpreenderá. O som é muito pesado, infinitamente mais que Stay Hungry, o disco do TS com maior influência do heavy metal. Na carreira de Snider, só seu trabalho com o Widowmaker (1992-1994), ao lado do guitarrista Al Pitrelli (Savatage, Megadeth) chega próximo desse peso.

Para se ter ideia do que esperar de For The Love of Metal, tenha como base o som do Judas Priest na fase pós-Painkiller. Pedal duplo na batera, riffs rápidos carregados de distorção e com afinação baixa, e um vocal poderoso marcam as composições. A faixa de abertura, “Lies Are a Business” é um bom exemplo disso.

Produzido por Jamey Jasta, vocalista da banda Hatebreed, For The Love of Metal possui uma sonoridade moderna que reveste mesmo uma composição como “American Made”, que tem letras e melodia típicas da carreira pregressa de Dee Snider e que, em outros trabalhos, ganhariam uma roupagem mais hard rock. A modernidade fica aparente em “Running Mazes”, com sua particular vocalização das palavras do título.

Quem aprecia os trabalhos mais melódicos da carreira do vocalista, talvez se satisfaça com “Become the Storm”, que tem uma animada linha cantada.

Os músicos que acompanham Dee Snider nessa empreitada são Charlie Bellmore (baixo e guitarra) e Nicky Bellmore (bateria), ambos do Kingdom of Sorrow, Joey Conception (guitarra solo) e Tanya O’Callaghan (baixo). Alissa White-Gluz, atual vocalista do Arch Enemy faz participação especial em “Dead Hearts (Love Thy Enemy)”, não com seus conhecidos vocais guturais, mas com uma bela voz limpa nessa surpreendente balada pesada, com guitarra acústica no início e vocal feminino no início e dueto na parte metal.

Dee Snider sempre foi elogiado por suas atitudes em relação à música que toca, reconhecido como um dos defensores do rock e do heavy metal. O título desse álbum solo, For The Love of Metal, ilustra essa sua crença e o som coerentemente a reforça. É metal da mais alta qualidade!

Dee Snider se apresenta essa semana no Brasil, no Ópera de Arame (Curitiba, dia 21) e no Tom Brasil (São Paulo, dia 23).

Por Eduardo Kaneco

Deixe uma resposta